Terça, 28 Junho 2016

Nicola

Sexo: Fêmea | Raça: SRD | Idade: Jovem

Características: A Nicola foi recolhida da rua, ontem. Os voluntários desde logo notaram que algo não estava bem com ela e com os seus filhotes. A Nicola tinha a zona genital coberta de larvas, assim como a zona dos cordões umbilicais das crias. Um dos cachorrinhos (duas últimas fotos da galeria) estava, praticamente, a ser comido vivo. Seguiram, de imediato, para uma clínica para serem avaliados. A Nicola tomou um banho e estão todos a fazer desparasitações nas zonas afectadas. Infelizmente, o cachorrinho mais afectado não sobreviveu. No local onde foram recolhidos fala-se que mais três crias terão morrido. Esta família precisa de ajudas! Não podem regressar ao canil após este sofrimento todo.

 

09 Julho: Uma das crias da Nicola não resistiu. As crias apresentam alguma problemas de pele e estão a fazer antibiótico. Melhorando terão de regressar ao canil.

18 Julho: A Nicola e crias tiveram alta e regressaram ao canil. A Nicola está a recuperar a confiança, aos poucos. Novas fotos.

30 Julho: A Nicola e crias, graças à ajuda nossa parceira alemã 4Happy Paws, seguiu para uma FAR.

 

Ver aqui convenções acolhidas pela ABRA sobre a raça, altura e idades.

Ler 1510 vezes Modificado em Sexta, 04 Novembro 2016
Mais nesta categoria: « Almond Nila »

O que são padrinhos de voo?

Os padrinhos de voo são pessoas que, nas suas viagens de avião, levam consigo cães ou gatos como bagagem, não tendo que suportar qualquer despesa ou empreender grandes esforços. Temos frequentemente animais que, através da nossa parceira Alemã, a 4Happy Paws, encontram FAT ou novos donos e que aqui, por falta de meios, teriam de ser abatidos.padrinhos de voo

Como funciona?

O padrinho deverá entrar o mais rapidamente possível em contacto com a ABRA, para que se possa preparar o animal (vacinas, passaporte etc.) com antecedência. Terá que se registar o animal no voo, o que poderá ser feito por nós ou pelo próprio padrinho.

Para si não haverá custos:
Todas as despesas serão suportadas pela ABRA.

No aeroporto:
O animal em questão estará pronto na sua boxe acompanhado por voluntários da ABRA que irão ajudar no check-in e pagar o excesso de bagagem.

No avião:
O animal será transportado no porão do avião. O padrinho terá apenas que levar na bagagem de mão os documentos do animal, como o boletim de vacinas e o passaporte, que lhe serão entregues por nós. Animais com menos de 6Kg (isto dependerá da companhia aérea) podem viajar na cabine.

No aeroporto de destino:
O padrinho irá, como usual, buscar a sua bagagem na passadeira, deslocando-se em seguida ao balcão do depósito de bagagem, onde lhe será entregue a boxe com o respectivo animal. Na alfândega serão, eventualmente, verificados os documentos do animal.

A entrega:
No aeroporto de destino um elemento da associação parceira da ABRA "4 Happy Paws", e eventualmente a nova família do animal, irão recebê-lo a si e ao animal e encarregar-se-ão de tudo o resto.

Tornando-se padrinho de voo poderá salvar uma vida, com o mínimo esforço e ajudar a família que já está ansiosa à espera do seu novo amiguinho. Portanto, se tiver marcado alguma viagem não se esqueça dos nossos animais. Procuramos pessoas com destino a toda a Alemanha e eventualmente  Áustria e Suiça.

Vai viajar (do aeroporto do Porto) para um destes destinos brevemente?
(consulte em baixo as companhias aéreas preferenciais)
Prima aqui e contacte-nos!

Companhias aéreas para animais de qualquer porte:

Lufthansa
Airberlin
Tuifly

 

Companhias aéreas para animais de porte pequeno (viagem na cabine):

Tapaero15


Companhias aéreas que não permitem transporte de animais:

Ryanair
Easyjet